RSS

O melhor amigo do Mundo: Capítulo 3


Capítulo 3


Joe:_ Gritei_ Por que ela é você!_ Pronto! Botei tudo a perder._ Te amo, Demi! Sempre te amei... Pronto! Satisfeita? Como pensa em me ajudar agora?_ Demi estava parada, parecia sentir medo. Eu disse a verdade, mas não era isso que ela queria ouvir. Ainda nervoso gritei_ Hein? Responde! _Demi estava muito assustada, também não era para menos eu estava gritando sem motivo. Parei de gritar._Desculpa... Eu... Não queria que soubesse desse jeito. Aliás, eu nem queria que soubesse que você é a garota dos meus sonhos... _ Não queria dizer mais nada, tinha medo da reação dela, mas ela não fazia nada! Até...
Demi: Joe, eu não sei o que dizer...
Joe: Sei que não me ama... Não quero estragar nossa amizade, continue me contando dos seus amores, dos seus sonhos com eles... Eu não vou ligar, eu me acostumei com isso... Melhor, finja que não te contei nada! Eu vou subir e quando eu voltar quero que você exclua esse episódio da sua cabeça._ Dei um beijo na bochecha dela e subi.
                        Sabia que isso era muito estranho para ela. Não queria ter dito, mas fiquei tão nervoso que parecia que tinha vomitado as palavras.

Demi Narrando...
                        Fique completamente atônita, nunca imaginei que Joe pudesse me amar, somos tão amigos! Tenho Joe como um irmão... Jamais imaginei que Joe tivesse um sentimento diferente por mim.
                        Meu telefone tocou, quando atendi era Selena, só disse a ela que precisávamos conversar e pedi que chamasse a Mi, nos encontramos no café.
Mi: O que está acontecendo, Demi? Nunca te vi tão tensa assim...
Sel: Anda conta o que aconteceu! Não vai me dizer que tá saindo com Sterling de novo?
Demi: Não, desse ogro eu só quero distância!_ Elas respiraram aliviadas_ É pior!
Mi: Dá pra contar logo antes que surtemos!
Demi: O Joe._ Respirei._ Ele disse que me ama!
Sel: Ah! Já era hora... Para mim, ele já estava enrolando de mais!_ Hãn! Como assim?
Mi: Eu também achei, pensei que ele fosse te dizer quando você e o Knight começaram a namorar.
Demi: Vocês sabiam e não me contaram nada? Como tiveram coragem? Coitado do Joe...
Mi: O que adiantaria te contar?
Demi: Eu podia ter... Parado de falar dos meus namorados!
Sel: Por isso ele não queria que você soubesse.
Mi: Joe queria que continuassem como amigos... Mas já que ele te contou é porque achou que seria o certo. Como foi? Conta! Foi romântico..._ Eu só podia estar sonhando com isso.
Sel: Estão namorando?
Demi: Vocês estão ficando doidas? Joe e eu somos só amigos... Ele me contou por que... Eu o pressionei.
Sel: Por quê? Como? Não entendi...
Demi: Pedi que me contasse por quem estava apaixonado, ele começou a ficar nervoso e jogou isso na minha cara. Jamais imaginei que Joe fosse apaixonado por mim... Eu não queria isso, agora ele deve estar triste e por minha culpa! Eu sou tão insensível!_ Eu não sabia o que fazer. Meu melhor amigo apaixonado por mim.
Mi: Não, Demi! Ele não deve estar tão triste como ficou quando você e Sterling começaram a namorar, mas ele não queria contar... Mas já que ele te contou é melhor você reagir como se nada tivesse acontecido, continue amiga dele.
Sel: O que ele não queria é perder a amizade tão linda que construíram juntos.
Demi: Ele disse isso, mas eu não sei como reagir... Eu considero o Joe como meu irmão.
                        As meninas e eu continuamos a conversar, elas me aconselharam a não tocar nesse assunto. Bom, é o que eu vou fazer... Não quero que Joe sofra mais.

Joe Narrando...
                       
                        Andei pela casa toda e não encontrei Demi em parte alguma. Talvez a tenha perdido para sempre.
                        Sabia que não devia ter contado nada a ela, mas eu não estava raciocinando no momento, eu só queria que ela parasse de  fazer perguntas o tempo todo.
                        Fui à cozinha, peguei uma latinha de cerveja, sentei na sala de qualquer jeito com os pés na mesa de centro que a Demi não gosta e liguei a tevê.
                        Dez minutos depois Demi entrou pela porta da cozinha.
Demi: Joe, você acredita que eu esqueci a chave da frente? Por que está com os pés na mesa e bebendo? _ Ela tirou a latinha da minha mão._ Sabe que você na deve beber! Faz mal!_ Pude ouvir o barulho da latinha sendo jogada na lata de lixo._ Que é? Não vai dizer nada? Eu já mandei tirar os pés daí!_ Imediatamente tirei meus pés. Demi quando começa com as paranoias é difícil parar.
Joe: Onde você foi?
Demi: Fui me encontrar com as meninas no café._ Demi sentou ao meu lado._ Não queria te acordar e eu não ia demorar._ Pensei que a Demi reagiria de outra maneira._ O que você está assistindo?
Joe: F.R.I.E.D.S.
Demi: Adoro essa serie!
                        Ficamos assistindo ao seriado, para a minha sorte Demi não mudou em nada. Continua sendo a MINHA Demi como sempre foi...
                       
                        Passou mais um mês...
                        As coisas estavam muito boas. Entre Demi e eu não mudou nada, continuamos amigos, mas quando tudo vai bem significa que alguma coisa ruim está por vir. Para confirmar essa teoria, chegou uma carta para mim. Consegui um emprego em Miami, estava pensando em aceitar, mas todas as vezes que eu aceito mentalmente, Demi aparece me fazendo mudar de ideia.
                        Não posso deixar minha pequena Demi sozinha, mas é o meu sonho trabalhar na empresas de Miami, são as melhores do mundo.
                        Aceitando vai ser ótimo para Demi, assim ela pode ficar com os caras que ela quiser sem ficar com pena de mim.
                        Não contei antes, mas Demi já recusou trezentos convites para jantar, passeios, e outros... Demi sempre aceitava esses convites, mas sem compromissos, ela só aproveitava para almoçar fora e tal’s. Na verdade, ela teve um encontro, mas não me contou nada, só disse que foi “interessante”.
                        Hoje estamos todos no café conversando...
Sel: Aí ele perguntou assim..._ Um cara irritante interrompeu a Selena, vindo na direção da Demi.
Carinha-irritante: Olá, mocinha!_ Que ridículo! “Mocinha”?_ Aceita tomar um café comigo?
Demi: Não, obrigada! Hoje eu tenho companhia. Estou com meus amigos..._ Isso ai Demi! Abaixa a crista desse galo!
Carinha-irritante-mais-irritante-ainda: Prometo que o café vai estar doce como você._ Que cantada mais ridícula!
Demi: Eu já disse que não!
Carinha-irritante-três-vezes-mais-irritante: Se mudar de ideia estou na mesa quatro..._ O carinha irritante quatro vezes mais irritante finalmente saiu.
Joe: Por que não aceitou?
Demi: Porque estou aqui com vocês... Continua contando Sel._ Sabia que não era esse o motivo, se ela não soubesse que a amo, ela teria dito que o cara é uma graça, que ele era lindo, mesmo com a cantada ridícula ela teria ido só para tomar um café de graça.
                        Por isso, eu acho que ficar aqui atrapalhando a vida amorosa da minha Demi não ia ser legal.
           
Quando chegamos em casa, resolvi perguntar.
Joe: Eu sei por que não aceitou o convite do cara irri... Do cara!
Demi: Eu já disse, não queria ficar longe de vocês hoje. Bom, a cantada ridícula também ajudou, mas eu queria ficar com meus amigos...
Joe: Diz a verdade! Demi, você não disse nada sobre o cara quando ele saiu. Geralmente você sempre diz...
Demi: A Sel estava contando o que aconteceu com o homem na rua, eu queria ouvir.
Joe: Para de mentir, Demi! Diz logo o que você achou do cara. Eu já disse que não vai me machucar.
Demi: Não.
Joe: Diz!
Demi: Não.
Joe: Diz!
Demi: Tá! Ele era bonito! _ Ela ia subir as escadas, mas voltou._ Bonito nada, quem eu tô querendo enganar? Ele era gato demais!_ Ela me encarou. _Por que está sorrindo?
Joe: Por que agora a verdadeira Demi voltou. Que bom que eu não matei a Demi que eu amo tanto.
Demi: Tá falando do que?
Joe: Você mudou um pouco depois do que eu te contei. Você parou de ter encontros, de falar que os caras da tevê são gatos. Eu disse que não iria me machucar se dissesse estas coisas.
Demi: Desculpa, eu não consigo. Eu tentei ter um encontro, mas eu não consegui... Fiquei pensando em você o tempo todo.
Joe: Demi, viva sua vida. Não se importe comigo!_ Ela me abraçou._ Eu tenho que te contar uma coisa. Recebi uma proposta de emprego em Miami._ Ela me largou.
Demi: Isso é legal! Você sempre quis ir para lá._ Ela parou de falar._ Mas, você não pensa em aceitar pensa?_ Eu não respondi._ Joe, você não pode me deixar sozinha! Como eu vou viver sem você? Por que você vai?_ Eu a abracei._ Não me deixa Joe.
                        Minha Demi começou a chorar, estava a ponto de largar tudo isso.
                        Nesse dia, Demi ficou muito triste e pensativa. Gostaria de saber tudo que passava pela cabeça dela, mas não podia. Queria que ela pensasse que estou fazendo isso por ela.
Demi: Quando você vai?_ Ela me largou.
Joe: Vou segunda.
Demi: Mas hoje é sexta! Joe, porque não me contou isso logo? Só tenho dois dias para ficar com você._ Se afastou um pouco de mim.
Joe: Na verdade sou só seu no sábado. Domingo os meninos vão vir para cá.
Demi: Por que sou sempre a última a saber das coisas?
Joe: Para de drama e vem me abraçar, ou vai desperdiçar nossa última sexta-feira juntos?_ Demi correu chorando para me abraçar.
Demi: Não quero ficar de vela sozinha._ rimos.

                        Naquela noite Demi quis dormir comigo, então, para ter mais espaço para nós, colocamos os nossos colchões na sala, isso se repetiu todas as noites até a noite de domingo que seria nossa última noite.
Demi: Joe, você vai sentir a minha falta?
Joe: Claro!  Vou sentir saudade da sua histeria, do drama... Mas você ainda não se livrou de mim, eu vou te ligar todas as noites._ Demi, de surpresa, me deu um selinho e deitou no meu ombro.
Demi: Eu vou esperar.

                       
                        Na manhã de segunda Demi não parava de chorar enquanto eu me despedia dela. Ela não queria me levar ao aeroporto porque não queria me ver partir. Já comentei que ela odeia despedida?
Joe: O meu carro eu quero deixar para você e se você não me levar como vai buscá-lo?
Demi: Eu vou lá depois buscar... Não me faça ver-te partir, meu coração já não aguentar ver você passar por essa porta cheio de malas... Quanto mais te ver no avião indo.
Joe: Tá, o David vai comigo eu peço a ele para trazer o carro para você.
Demi: Joe, eu não quero falar “adeus” porque eu quero te ver de novo, e em breve. Então, eu só quero um abraço apertado e um beijo._ Fui até ela e lhe dei um abraço, apertado como ela queria, quando fui dar o beijo, minha intenção era um beijo no rosto, mas Demi virou e beijei seus lábios, não me contive e a beijei. Os lábios macios que sempre acariciavam minha bochecha, agora estavam nos meus lábios. Ouvi David e Nick pigarrear atrás de nós._ Vai logo! Antes que eu te prenda no pé da cama.
                        Quando me virei, as meninas também estavam. Elas ficaram com Demi e os meninos me levaram para o aeroporto.

            Demi Narrando...
                        Assim que os meninos saíram...
            Mi: Por que estavam se beijando?
Demi: Porque... Não sei, por que! Eu queria beijá-lo e beijei.
Sel: Não devia brincar com os sentimentos dele assim, Demi.
Demi: Eu sei... Mas eu queria e ele também, eu fiz a nossa vontade.
                        Ficamos conversando e os meninos voltaram sem o Joe, eles passaram o dia comigo achando que eu estava triste, depois do jantar eles foram embora.
Mi: Tem certeza que você vai ficar bem aqui sozinha?
Demi: Tenho._ Eu juro que se a Mi me perguntasse mais uma vez eu ia começar a chorar.
Vê-los ir embora me deixando sozinha deixava-me a sensação de vazio.
                        Assim que se foram e eu me lembrei que realmente estava sozinha e não seria por umas horas e nem por uma noite meu coração estremeceu.
                        Sentei no sofá da sala e as lágrimas começavam a derramar sobre a minha face sem que eu as desejasse. Tentei ligar a tevê, mas as lágrimas me impediam de assistir, fui comer algo, mas o nó na garganta não ajudava a descer, tomei banho e as minhas lágrimas se misturavam com a água quente do chuveiro.
Deitei para dormir e só Joe tinha na minha mente. A imagem dele dizendo que me ama estava gravada da minha memória e só agora passava pela minha mente. Aquela casa sem o Joe não era a nossa casa, era uma casa qualquer, na qual não queria estar mais nem um minuto.
            Não consegui dormir, então fui para o quarto do Joe. Como estava trancado, o perfume dele estava lá ainda. Deitei na cama dele, percebi que a porta do guardaroupa estava aberta, fui fechar e vi que havia uma camisa polo e uma calça de moletom do Joe. Achei estranho, Joe não era de esquecer nada. Coloquei-as em meu corpo, elas tinham o perfume do Joe.
                        Meu celular tocou eu fui correndo atender na esperança de ser o Joe.
Demi: Oi!
Joe: Te acordei?

Continua...




Oi, como estão? Espero que bem!
Ah, nós... Nem demoramos tanto, né? Foram SÓ 10 dias. ksksks Brincadeira... Eu sei que demorou um pouco, mas para o próximo será... Um pouquinho mais rápido, já que faltam só seis dias para o fim do mês... O que quer dizer que a Bah só tem seis dias para postar o último... É galera, está no final! Alguém chuta o que vai acontecer?
Se preparem! Pois vem Nelena aí e a Deise está muito animada para postar para vocês.

Agradecendo e respondendo aos comentários:

Karen: Esquecemos de conferir se suas unhas estavam inteiras na terça-feira,  espero que estejam aí ainda... ksksk Demoramos e você já sabe a razão, só não conta para ninguém, ok? A Bah tem sérios problemas. (risos) Acho que você percebeu que o R.B.D. é um grupinho bem... Alegre. Só esperamos não ter te assustado. Com o tempo você acostuma! Adoramos ter passado aqueles pouquíssimos minutos, antes da prova, com você. Espero que tenha gostado desse capítulo e esteja preparada para o fim, e a próxima também. Beijos... Até terça-feira! Sentiremos sua falta até lá.
Jemi: A Different love: Já postamos, florzinha! Espero que tenha gostado. Está preparada para Nelena? Beijos! Comente.
Mariane: Que bom que gostou, fofinha. Já, já iremos postar. Espero que goste desse capítulo. Beijos. Não esqueça de deixar um recadinho, caso tenha lido.
Carol Darabas: É maravilhoso podermos ler um comentário como este, ainda mais neste momento. Não nos abandone como muitos fizeram, há muitas surpresas. Sempre continuaremos postando, não se preocupe! Só esperamos que haja bastante comentários! Beijos...

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

10 comentários:

Carol Darabas disse...

Que bom,e eu nunca vou abandonar vocês,esse é um dos melhores blogs,e postem rapidinho pra ninguém aqui morrer de curiosidade!rs
O capítulo estava maravilhoso,assim como os outros....fato curioso,estou lendo duas histórias do seu blog ao mesmo tempo,eu estava lendo uma,você postou outra nova e eu fui ler também,e não me arrependo!

Diéssi Konorath disse...

Lindo. maravilhoso, perfeito *-*
OMG o que vai acontecer?
posta logo, beijos

Diéssi Konorath disse...

ooooooi.
se não for pedir demais poderia divulgar meu blog novo?
se se interessar também será muito bem-vinda.
se chama Wake me up when september ends.
- www.jemiandnileyfics.blogspot.com
obrigada beijos.

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ●๋•кαર૯η м૯રiℓуη●๋• disse...

OMG! Tá liindo, perfeito. Não se preocupem, minha unha ainda está aqui (graças a Deus!). Eu já me acostumei com pessoas doidinhas como vcs, aquele curso devia se chamar anormal, porque gente normal naquela escola é dificil achar. Beijos, até Terça.<3

Clara disse...

Selinho pra você, vem pegar! http://jemiumcontodefadasreal.blogspot.com/2011/11/selinho-aviso.html Beeijos amore s2

Flávia disse...

Oi, nova seguidora aqui (:
Eu estou amando seu blog :D
A história é perfeita!! *--*
Pode divulgar meu blog?
http://jemifan-stories.blogspot.com/
Obrigada!
E posta logo!!
Beijos*

Flávia disse...

Selinho pra você no meu blog (:
http://jemifan-stories.blogspot.com/2011/11/selos_26.html
Beijos*

D. Meyer disse...

Oi! Desculpem a demora, mas eu estava em período de provas, sabe como é, né? Prometo comentar sempre que der, tá? Sobre a web, incrivel, lógico! Estou amando e louca pelo próximo capítulo! Não demorem, por favor. Beijos!

Kauana disse...

aaaaaaaa Ta perfeiito
To amando a história
poosta logo
Seguidora nova
beeijos :)

Daniele Joya disse...

Selinho para você : http://nelenasempre.blogspot.com/2011/11/selinhos.html

Postar um comentário